Logotipo
Olá, seja bem vindo
Acesse  ou  Cadastre-se
0 0

QUAL A SUA DÚVIDA?
 DÚVIDAS FREQUENTES
DÚVIDAS SOBRE PISOS DE PVC

O que são pisos de PVC?
 
R) São pisos cuja matéria prima é o PVC reciclado, um material de alta resistência, durabilidade e excelente acabamento. E o mais importante: não é necessário derrubar árvores para fabricá-lo.
Qual a diferença dos pisos de PVC para os pisos comuns?
 
R)Os pisos de PVC podem ser lavados, tem uma função isolante que os diferencia dos pisos frios, como por exemplo os pisos cerâmicos, e uma função anti-alérgica que os diferencia dos carpetes têxteis .
Onde posso instalar os pisos de PVC?
 
R)Em praticamente todos os lugares e ambientes onde se deseja um acabamento que imite a madeira natural.
Os pisos de PVC podem ser instalados sobre qualquer superfície?
 
R)Em superfícies brutas ou com muitas imperfeições deverá ser feito um tratamento prévio da mesma.
Quais os tamanhos das réguas do piso de PVC?
R)As pranchas de PVC tem 1219mm de comprimento x 228mm de largura x espessuras que variam entre 2,3 ou 4 mm ou placa de PVC de 90 comprimento x 90 largura x 5 mm de espessura.
Como os pisos de PVC são instalados?
 
R)São pisos de fácil instalação, principalmente se a superfície a qual será colocado esteja lisa e isenta de gorduras e poeira, apenas necessitando seguir alguns procedimentos básicos de instalação de pisos.
Os pisos de PVC são resistentes a riscos?
 
R)Os pisos Pisotop tem uma excelente resistência a vários tipos de substâncias e materiais que possam danificá-los durante a sua utilização, no entanto se necessário for, e alguma peça estiver danificada, pode-se realizar a troca da mesma de maneira fácil e rápida.
Como é feita a limpeza dos pisos?
 
R)Os pisos podem ser limpos apenas utilizando um pano úmido com água ou com água e sabão neutro, não necessitando produtos abrasivos e nem químicos.
Posso lavar ou instalados em áreas molhadas os pisos de PVC?
 
R)Os pisos Pisotop podem ser lavados pois são resistentes à água, mas deve ser verificado a total aderência, algumas réguas que não estejam bem coladas podem soltar. De qualquer maneira apenas será necessário colá-las novamente.
Os pisos  podem ser encerados?
 
R)Os pisos de PVC não necessitam de cera, todas as peças já vem com acabamento encerado, mas se mesmo assim o cliente quiser poderá usar uma cera neutra.
Os pisos podem ser instalados sobre sistemas de calefação?
 
R)Os pisos podem ser instalados em superfícies quentes que não ultrapassem 45ºCelsius ou sobre superfícies frias que não ultrapassem -5ºCelsius.
Quanto tempo dura o piso?
 
R)Os pisos de PVC são de longa vida útil que pode ultrapassar vinte anos, necessitando apenas dos cuidados básicos no trato dos mesmos. Tendo como garantia 5 anos.


 DÚVIDAS SOBRE FECHADURAS BIOMÉTRICAS

Posso instalar as fechaduras biométricas  Top2000 em qualquer porta?
 
R)As fechaduras biométricas não podem ser instalados em portas de vidro e portas blindadas.
Como funcionam as Fechaduras biométricas?
 
R)Elas podem ser abertas com uma chave codificada que vêm com elas, podem ser abertas pelo sistema de biometria digital apenas colocando o dedo já pré cadastrado no leitor biométrico ou podem ser também abertas via senha numérica.
 Como irei saber quando as pilhas ficarem fracas?
 
R)O display digital avisa quando as baterias estão fracas e deverão ser substituídas.
Quais as vantagens das fechaduras biométricas?
 
R)A principal vantagem é a segurança, pois só pessoas devidamente cadastradas poderão acessar o recinto o qual a fechadura está instalada. Mas dentre outras vantagens podemos citar: Não necessita de levar a chave de casa para todos os lugares com risco de perda e com o incomodo de ter que carregar a mesma.

Se o cliente desejar, ele pode conectar um pen drive na fechadura e coletar todo o histórico de dados com informações de quem entrou e que horas foi o acesso.

DÚVIDAS SOBRE RODAPÉS

Qual serra é indicada para cortar os rodapés Pisotop?
R) Com uma serra meia esquadria de 12 polegadas elétrica é possível cortar todos os nossos rodapés entre as larguras de 3cm até 20cm.
 
Ao cortar os rodapés estão derretendo. Por quê?
R) Provavelmente você deve estar cortando lentamente ou a serra pode estar precisando de afiação. Nossos rodapés tem que ser cortados rapidamente com precisão para diminuir o tempo de atrito da lâmina com o produto. A serra tem que estar bem afiada para um excelente acabamento.
 
Qual é a lâmina ideal para cortar o rodapé?
R) Não existe uma lâmina específica para os rodapés de poliestireno. O que indicamos e a mesma lâmina que é utilizada para cortar madeira, com 96 dentes por ter maior durabilidade na afiação. Porem não a restrições a lâminas de menos dentes.
Posso utilizar serra manual como makita ou serrote?
R) Nossos rodapés tem que ser cortado com velocidade, por isso e necessário uma máquina que tenha uma base fixa para que tenha melhor acabamento. Porem alguns profissionais de instalação consegue utilizar serras manuais. Não recomendamos!
 
É possivel pintar o rodapé?
R) Sim, nossos rodapés saem de fabrica pré-acabados, ou seja, um fundo preparador para aceitar qualquer tipo de tinta. Por se tratar de um produto reciclado pode haver diferenças de tonalidades nos produtos pré-acabados.
 
Se não pintar o rodapé o que pode acontecer?
R) Como nosso produto recebe um fundo preparador, é mais poroso unicamente para receber qualquer tipo de tinta. Este fundo pode apresentar diferença de tonalidade que posteriormente com o acabamento final à pintura ficara uniforme. Não indicamos ficar sem pintura final.
 
Qual a tinta ideal para pintar os rodapés?
R) A tinta acrílica a base de água que tem maior resistência ao amarelamento. Porém o produto aceita qualquer tipo de tinta independentemente de ser à base de água ou solvente. OBS: É importante consultar um profissional na área da pintura antes de realizar o processo.
 
Como devo fazer a limpeza?
R) Pano úmido e detergente neutro.
 
Meu instalador deixou excesso de silicone ou cola e não retirou na hora. O produto secou, o que posso fazer?
R) O ideal seria ter feito a limpeza no momento em que terminou a aplicação, mas já que não foi feito você pode estar utilizando uma lixa d’água para retirar o excesso com cuidado para não danificar a pintura de fundo do rodapé.
 
 Qual massa pode utilizar para fazer o acabamento nas emendas?
R) Pode estar utilizando massa corrida, silicone branco a base de água, massa acrílica tipo tapa tudo da Renner, tapa furo da Resicolor e massa Flex Paris Tintas. Se utilizar silicone branco a base de água ou massa corrida importante fazer a pintura dos rodapés para evitar amarelamento. A massa acrílica tem maior resistência quanto amarelamento.
 
Meu rodapé esta trincando nas emendas o que pode estar ocorrendo?
R) Nossos rodapés podem ocorrer dilatação ou retração devido a diferença de temperatura de algumas regiões. Também toda obra trabalha, a solução seria fazer novamente a calafetação “emassar”.
 
Qual modo correto de instalação dos rodapés, roda tetos, roda meios e guarnições Pisotop?
R) A empresa indica a instalação com buchas “T” e cola Pisotop, ou seja, uma bucha a cada 40 cm. Duas linhas de cola do início da barra até o final, uma na parte superior e outra na inferior da barra.
 
Posso utilizar outros tipos de instalações?
R) Sim, nossos rodapés aceitam ser instalados de várias formas por exemplo: Com pinadeira, prego, cola de contato, parafuso, mas a garantia da instalação quem da é o instalador, pois a Pisotop  não da garantia de instalação se não for um de nossos técnicos que executou.
 
Qual a cola correta para a instalação?
R) Indicamos cola Pisotop, PL500, PL600, silicone de uso geral, silicone 100% puro. Sendo que algumas dessas colas são a base d’água e não podem ser utilizadas em paredes úmidas, paredes de vidros, paredes de cerâmica ou paredes que não absorvam água.
 
Pode ser instalado somente com a bucha T?
R) Não!  Porque com o tempo pode estar soltando. A função da bucha é fixar o rodapé até que a cola tenha secado totalmente.
 
Pode ser instalado somente com a cola?
R) Não! Porque se a parede estiver com irregularidade pode descolar. Por isso é recomendado que coloque a bucha para manter o rodapé firme e mais próximo da parede até que a cola tenha sua secagem total.
 
Quando posso utilizar sócalo e roseta?
R) Não a uma regra para utilização de sócalo e roseta. Porem é mais utilizados quando o rodapé é maior que a guarnição, ou quando os perfis utilizados são de espessuras diferentes.
 
Qual o procedimento correto de instalação para parede do tipo alvenaria, com massa corrida ou reboco de gesso?
R) Paredes de alvenaria, com massa corrida,reboco e reboco de gesso podem ser utilizada bucha e cola ou dupla face e cola. Lembrando que quando utilizar dupla face o correto é ter pelo menos uma mão de fundo.
 
Qual o procedimento correto de instalação para parede do tipo drywall, gesso acartonado, lâminado e vidro?
R) Paredes de gesso acartonado, drywall, lâminados e de vidro não se aplica fixar as buchas. O correto e utilizar fita dupla face (3M) e cola Pisotop. Ressaltando que  paredes de vidro o correto e dupla face e silicone 100% puro para pedra, pois a cola Pisotop e a base de água, e quando o substrato (Parede) não absorve água a cola não seca.
 
Qual a quantidade de cola que vai em um metro de rodapé?
R) Recomendamos no mínimo 27 gramas por metro tendo como média o rodapé de 10 cm de largura, ou 65 gramas a barra com 2,25m. Considerando que ira ser passado dois riscos de cola nas laterais do rodapé linearmente.
 
Qual a quantidade de cola utilizada na régua de rodapé?
R) Na peça grande vai de 8 a 10 gramas por peça. O pequeno 4 gramas por peça.

De que são feitos os rodapés?
R) As opções mais comuns são de MDF (que pode ser entregue cru, pintado ou revestido de diversos tipos de acabamento), madeira, porcelanato, PVC (geralmente embute fiação) e poliestireno expandido, o EPS. Resistente a cupins e à umidade, esse último está em alta: é um material reciclado, feito de sobras de plásticos, como isopor e carcaças de computador.

 E as peças de gesso e cimento? São recomendadas?
R) O gesso é matéria-prima delicada: com uma batida de vassoura, pode quebrar. Por isso é mais indicado ao rodateto. Já o cimento é uma alternativa interessante para áreas externas, pois evita o contato da pintura com a eventual água sobre o piso, protegendo a fachada.

 Como esse acabamento é vendido?
R)Em barras, mas o preço geralmente é por metro linear, ou por peça. Prefira um modelo pronto e, se possível, leve uma amostra para avaliar como fica no local.

 Como combinar piso e rodapé?
R)Se quiser que ambos tenham tons amadeirados, siga o padrão do piso, e não o dos móveis. Só não se aconselha fazer assoalho de madeira e rodapé de porcelanato, pois sua instalação necessita de uma massa cuja umidade pode danificar o chão. Já o inverso é autorizado, mas com uma ressalva: Se você escolheu um determinado revestimento porque permite ser lavado com água abundante, deixe de lado os rodapés de madeira e de MDF, mais adequados a áreas secas.

 Posso aplicar o acabamento em cozinhas e banheiros?
R)Somente se as paredes não levarem cerâmica ou azulejo. Se o banheiro tiver pintura lavável, uma solução é empregar as pastilhas da área do boxe para fazer o rodapé.

 Como definir o desenho do rodapé?
R)É questão de gosto. Os retos correspondem a um estilo moderno, enquanto os trabalhados remetem ao clássico. A decoração contemporânea sugere modelos mais altos. Saiba que as bordas retas acumulam mais pó do que as arredondadas.

 Existe alguma regra para não errar na escolha?
R)Se estiver na dúvida, Os brancos combinam com tudo! E conferem um efeito mais sofisticado ao ambiente. No entanto, se a parede tiver uma cor muito forte e o rodapé for alto (maior que 20 cm), o contraste pode resultar em achatamento visual do pé-direito.

 Como é a instalação? Eu mesmo posso fazer?
R)As peças de MDF precisam de cola branca e pregos sem cabeça, enquanto as de madeira são fixadas com bucha, parafuso e cavilha. Já as de poliestireno expandido só pedem cola ou encaixe, e as de porcelanato, levam massa que deve ser aplicada por um assentador. Aliás, é sempre melhor contar com mão de obra profissional, pois o acabamento exige perícia. Além disso, às vezes o preço já embute a instalação.

 Tem como passar a fiação por dentro da peça?
R)Existem modelos com sulcos internos para embutir fios. Em alguns casos, esses vãos servir para dar firmeza na instalação. Portanto, confira se, de fato, a profundidade do sulco comporta a fiação.

 Como é a manutenção?
R)Em geral, um pano úmido resolve. Se o rodapé for de madeira e ficar perto da janela, exposto ao sol, será preciso repor o verniz com frequência. Cuidado para não molhar esse material e o MDF, que absorvem água e incham. Caso alguma parte esteja podre ou tenha sido atacada por cupins, troque a peça. Se não encontrar o mesmo modelo, renove o acabamento por completo.

 O branco suja muito?
R)Para os produtos de poliestireno e os de MDF revestidos, o pano úmido já é suficiente. Se o rodapé de madeira for pintado com tinta lavável, use uma escovinha molhada. Mas é preferível mandar laqueá-lo, para que fique mais protegido e resistente. Por fim, as peças de porcelanato possuem superfície impermeável, o que facilita a limpeza.

 E quais são as tendências?
R)As peças altas, de até 40 cm, são bastante procuradas hoje em dia. Elas ressaltam a cor da parede e a tonalidade do piso, usando esses modelos, o ambiente parece ficar alongado, com mais profundidade. Há, inclusive, rodapés empilháveis, que podem ser instalados um acima do outro. Os frisos são outra preferência atual.

 O que é o rodapé recuado?
R)É um rodapé negativo: um perfil metálico em L, embutido na massa da parede, que cria um pequeno vão na parte inferior da superfície. A peça é barata, mas a mão de obra é cara.

 Como combino a peça com o rodameio e o rodateto?
R)Não existem regras definitivas. De maneira geral, o rodateto confere um ar mais sóbrio ao espaço. Por isso, se for enfeitar o teto, não use modelos muito altos no chão (no máximo de 15 cm), pois o ambiente pode ficar carregado. Se ainda quiser incluir o rodameio, escolha um do mesmo material do rodateto e aplique um rodapé bem estreito, de preferência do mesmo material do piso.

 Como fica o encontro do rodapé com a guarnição da porta?
R)Atente para a junta entre as duas peças. A guarnição deve ser um pouco mais grossa que o rodapé. Se precisar, use um sóculo para fazer o acabamento entre eles.

 Posso pintar o rodapé?
R)Rodapés de poliestireno, MDF, madeira e cimento aceitam pintura, mas exigem tintas diferentes. Para os de poliestireno, não use tinta à base de água prefira as sintéticas, acrílicas ou à base de poliuretano. Já para madeiras recomenda-se tinta látex semibrilho, que facilita a limpeza.

 Posso embutir iluminação no rodapé?
R)É possível embutir balizadores nos rodapés. Nesse caso, primeiro a iluminação é instalada na parede e, depois, são feitos recortes no rodapé para que fiquem encaixados nos balizadores na hora da instalação. Esta solução não é tão simples de ser realizada e só funciona com modelos mais altos.

 Em quanto tempo preciso trocar o rodapé?
R)Se a limpeza for adequada e a peça não apresentar problemas com umidade, o rodapé não tem prazo de validade. Lembre-se apenas de fazer uma manutenção mais minuciosa a cada cinco anos nos modelos de MDF e de madeira, renovando a pintura.

Se meu piso for vinílico, coloco rodapé?
R)Diferentemente do piso de madeira, que precisa de uma junta de dilatação (uma fenda para o material dilatar e contrair), o vinílico é cortado rente à parede e não precisa desse vão. Mas, se a parede tiver ondulações, o rodapé torna-se uma necessidade estética. Nesses casos, indicamos um de poliestireno branco, que é impermeável.

Chat Online (21) 2280-9893
(21) 98690-0215
Orçamento On-line
Solicite um orçamento on-line
e receba em até 24 horas
Amostra Grátis
Receba em sua casa amostras
de pisos para efetuar a sua
escolha
Facebook Instagram Twitter

Nutrigenes